sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Uendel Pinheiro grava seu primeiro DVD na véspera do feriado

AGENDA CULTURAL

O cantor e compositor, Uendel Pinheiro, grava seu segundo DVD com músicas autorais, nesta segunda (23), a partir das 21h. O palco de registro do primeiro álbum da carreira do músico paraense será a quadra da Escola de Samba Aparecida. O jovem, que já é um dos mais conhecidos cantores de pagode em Manaus, irá apresentar vários hits que são sucessos nas rádios e na internet. O registro ao vivo comemora mais de dez anos de trajetória.
“É uma ansiedade grande, muita responsabilidade também. Sabemos a dimensão do projeto e investimento e estamos trabalhando para que tudo saia perfeito. Sempre quis ir cada vez mais longe, e ver muito mais pessoas cantando minhas musicas, mas sempre com os dois pés no chão, cabeça erguida, e lembrando tudo que aprendi assistindo aos shows do Ases do Pagode, Coisa Nossa, Peccado, Doce Amizade e demais artistas que tanto me ensinaram tocando”, detalhou Uendel.

Sucesso

Dono de hits como “O mundo girando” “Me chama pra beber” O cantor, que é paraense, mas que já mora há 15 anos em Manaus e há dois se dedica somente à musica, possui um CD e um EP gravados. O primeiro foi lançado em 2015, com 12 faixas, sendo seis músicas autorais. Foram distribuídas 12 mil cópias promocionais pela região norte e quase três mil cópias. O EP foi lançado no ano passado. As canções “Ninguém pode saber”, “Casa, varanda e jardim” e “Deixa ela falar” são alguns dos sucessos tocados em todas as rádios manauara. Ambos foram vendidos nas plataformas digitais: Google Play, Itunes, Deezer, Spotify, Shazzam, You Tube e outras. 

Mais show

Além do show do cantor, se apresentam também o grupo Pagode dos Amigos, Arlindo Jr, David Assayag, Wanderley Andrade, Chininha & Príncipe, Chrygor e ainda o  cantor Xande de Pilares, que carrega na bagagem sucessos como “Samba de Arerê”, “Bola pra Frente”, “Perdoa” e outras.  Na despedida do Xande de Pilares em Manaus e apresentação do Almirzinho, Uendel subiu ao palco e versou com os dois cantores.

Uendel Pinheiro e Wanderley Andrade (foto divulgação)
Apesar de ser um dos expoentes da nova geração pagodeira, Uendel afirma que sempre gostou de todos os tipos de música. No entanto, revelou ter um carinho muito especial para com um gênero específico: “Eu sempre ouvi de tudo, cantei tudo. Desde o black americano, MPB, funk, forró e boi. Mas a minha raiz é o samba", disse.
Os ingressos já estão sendo vendidos antecipadamente e podem ser adquiridos nas lojas Arco-Iris, Lanche do Edmilson (Parque 10) e Lava jato Cuka Fresca (Parque das Laranjeiras). Pista custa R$40 e área vip “Meia Noite Acaba” R$80. Maiores informações podem ser adquiridas através do telefone 99147-0709. 

Muito samba e pagode no palco do Moai

AGENDA CULTURAL

O fim de semana será movimentado no Moai Restobar (Avenida do Turismo, nº 5625, Tarumã). Neste domingo (22), a partir das 16h, a casa recebe o grupo Vem k Sambar, Vai Garotão e Uendel Pinheiro. O resultado é um show bem animado e pra lá de especial. Para animar ainda mais a festa, a casa também irá receber Rafinha e banda, que assume o compromisso deixar a noite mais animada. Durante os intervalos, o público aprecia os sucessos eletrizantes com o DJ Vitor Paz.

Vem K Sambar (foto divulgação)
De acordo com um dos organizadores, Márcio Alexandre, o objetivo da festa é não deixar ninguém parado. “As bandas irão fazer uma sequência para deixar qualquer um cansado de tanto dançar. Tudo isso com alta qualidade de som, além é claro da segurança reforçada” afirma ele.

Para quem gosta de gastar menos, a melhor opção é colocar os nomes na lista vip nas redes sociais da casa. Mulheres com nomes na lista não pagam e homens pagam R$15 até às 19h. Após esse horário, os ingressos custam R$30 preço único. Maiores informações: 98117-2827. 

Meia Noite Acaba faz aquecimento para gravação do DVD de Uendel Pinheiro

Prestes a gravar o seu primeiro DVD, Uendel Pinheiro volta a fazer show na roda de samba “Meia Noite Acaba”, neste sábado (21), a partir das 19h. O músico sobe ao palco juntamente com os Jamblacks em um ensaio geral, em aquecimento para a gravação do DVD, que acontece no dia 23 de outubro, na quadra da Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida, Centro.

No repertório, além de executar as músicas que serão gravadas durante o show, Uendel Pinheiro também tocará grandes sucessos de grupos famosos. “Como o mais importante vai ser conferido só pela galera que for até a quadra da Aparecida, o que posso adiantar do show é que: o repertório é para cantar do começo ao fim, não iremos deixar por menos e vamos tocar os hit  que fazem a galera enlouquecer e é claro, as canções "Ninguém pode saber", "Casa, varanda e jardim", "O mundo girando" que não podem deixar de faltar”, adiantou o músico.
Roda de Samba Meia Noite Acaba (foto divulgação)
Durante o ensaio, haverá sorteios de ingressos para o show. A roda de samba “Meia Noite Acaba” funciona todos os sábados e está localizada na Avenida Nilton Lins, 3855, Parque das Laranjeiras, em frente ao Posto Shell. Os ingressos custam R$20 preço único e para quem gosta de economizar, a casa dispõe de lista vip nas redes sociais, onde a entrada é liberada até às 20h. Reservas e informações podem ser adquiridas através do telefone: 98408-0007

Boca Miúda promove roda de samba no “Coronel” em comemoração ao aniversário de Manaus

AGENDA CULTURAL

Após o sucesso da primeira edição, o show do Grupo Boca Miúda reúne o que há de melhor no universo do samba e pagode, presta homenagem aos grandes sambistas brasileiros e promove mais uma roda de samba neste sábado (21), a partir das 21h, no Pagode do Coronel, Avenida Japurá, 676, Centro. O grupo que resiste aos modismos, irá comemorar o aniversário da cidade em grande estilo e segue apresentando e divulgando a tradição desse gênero musical.
De acordo Ulisses Farias, um dos componentes do grupo, o projeto que é conduzido um sábado por mês, resgata o samba de raiz e promove uma homenagem aos principais ícones do gênero. O palco será no formato 360° e os integrantes do grupo assumem o centro do Pagode do Coronel em uma roda de samba animada e descontraída.O grupo ainda é formado por Joubert Balbino e Cláudio Nunes e é referência no estilo original do samba.
No show, o Boca Miúda relembra grandes clássicos do samba. A noite terá participações especiais de  Zé Mário e Chico da Silva que irá apresentar composições próprias, fazendo um passeio pela sua história como compositor, sambista e cantor de toadas. As canções ‘Sufoco’, ‘É preciso muito amor’, ‘Convite a Roberto Carlos’ e ‘Vermelho’ são alguns dos sucessos que estarão presentes no set list do cantor que possui mais de 40 anos de carreira.
Chico da Silva (foto divulgação)
Os ingressos custam R$20 preço único. Mesas R$100. Reservas e informações podem ser obtidas através dos telefones: 98109-2199, 99281-7951 e 98237-6383. 

Pagode do Coronel é a pedida desta sexta

AGENDA CULTURAL

O Pagode do Coronel (Avenida do Turismo, 5625, Tarumã), preparou um final de semana recheado com o melhor do samba e pagode. Nesta sexta (20), a partir das 20h30, a casa apresenta Bruno Mocidade e banda Loka tentação.
A programação contará, ainda, com as participações especiais de Randerson Couto, James Rios e Márcia Siqueira. A apresentação do evento fica por conta de Wilsinho de Cima, Mestre Saúba e Paulo Kabessa.


Os ingressos custam R$20 preço único, mas a promoção “Direitos Iguais” continua. Homens e mulheres pagam R$10 até às 23h. Maiores informações: 99165-3111.

Pensamento da sexta-feira

Temer salva Aécio que salva Temer. Parece até um poema de Drummond, mas é só mais um capítulo do grande acordo nacional.
JAQUES WAGNER, EX-MINISTRO DOS GOVERNOS LULA E DILMA

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

SERRARIA: anos dourados!

Por JOSÉ MARCELINO RIBEIRO

Os anos 60 foram a galinha dos ovos de ouro de Serraria; comércio vigoroso, usina de agave, fumo, 
mais de 150 empregos diretos, onde a cadeia produtiva impulsionava o comércio local, quando grandes 
personalidades contribuiram para o progresso da Princesa do Brejo, capitaneado por Antônio Carvalho, 
Ernane Galdino de Lucena, José Anchieta de Carvalho (zito), Luiz de Carvalho, Ozélio Carvalho, Basto, 
Nélio V
wanderley, Chico wanderlery, Francisco Bernardino da Cruz (chico neco), Misael Mendes, Severino 
Cavalcanti, zé dos Santos, Terêncio wanderley, Dr. Paulo Viana, Adalberto e Avanízio Meneses, Antônio Judimar 
(juju), José Cavalcante ( zezinho Afonso), OtalÍcio Amaro da Silva, zezito da dona nolinha, João Lopes, 
Dr. Ovídio Duarte, chicó Berto, "seu zinha", chico Frazão, " seu" Beja, Antônio "dito", "seu dila", "seu NA", 
Jurandir Pereira e José Alves Teodósio, dentre outros que a mente ora não me atende, a fim de que 
possa enumerá-los.
Esses, realmente não mediram esforços para que Serraria se desenvolvesse.
Hoje, ao que parece, o município está definhando, até na condição de Comarca, querem destroná-lo. 
Por quê?